Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017   

 .:: HOTÉIS E POUSADAS
 Ordem Alfabética
 Por Bairros e Distritos
 Por Tarifas
 Locais para Convenções
 .:: PACOTES
 Natal 2017 e Réveillon 2018
 .:: SAÚDE E BELEZA
 Spas e Clínicas
 .:: COMER E BEBER
 Restaurantes e Pizzarias
 .:: SERVIÇOS
 Locais para Festas
 Serviços e Manutenção
 Transfer e City Tour
 .:: IMÓVEIS
 Aluguel por Temporada
 Imobiliárias
 .:: O QUE FAZER
 Bares e Casas Noturnas
 Lazer e Aventura
 Cinemas e Teatros
 Pólo de Compras
 .:: TURISMO
 Ecoturismo
 História
 Turismo Cultural
 Turismo Histórico
 .:: INFORMAÇÕES
 Como Chegar
 Mapas
 Telefones Úteis
 .:: DICAS
 Empregos
 Classificados
 .:: FALE CONOSCO
 Contato
  .:: Palácio Rio Negro
 

Endereço: Av. Koeler, 255 - Centro - Petrópolis
Telefone: 24 2246-9380 /  24 2246-9381
Visitação: Segunda das 12h às 17h e de quarta a domingo das 9h30m às 17h.
Em 1889, menos de três meses antes da Proclamação da República, o senhor Manoel Gomes de Carvalho, Barão do Rio Negro, comprou dos herdeiros da família Klippel o terreno onde seria erguido o seu palácio de verão. Em fevereiro de 1896, o Palácio e a casa ao lado, pertencentes a um dos filhos do Barão, foram vendidos ao Estado do Rio de Janeiro para servir de residência oficial do governante. Em 1903, o Palácio foi incorporado ao Governo Federal e passou a ser residência oficial de verão dos presidentes da República. Desde então, por ali passaram Rodrigues Alves, Afonso Pena, Nilo Peçanha, Hermes da Fonseca, Wenceslau Brás, Epitácio Pessoa, Artur Bernardes, Washington Luiz, Getúlio Vargas, Gaspar Dutra, Café Filho, Juscelino Kubitschek, João Goulart e Costa e Silva. No verão de 1996/1997, quando o Palácio estava completando 100 anos na função de residência oficial do governo, a tradição foi reinventada. Através de um gesto ritual, a presidência da República voltou a se instalar no Palácio Rio Negro.
Foi no entanto, no Governo de Hermes da Fonseca, que o Palácio viveu talvez o seu momento mais brilhante, com a realização do casamento do Marechal Hermes com Nair de Teffé, então célebre não só por sua beleza como por sua inteligência, pois notabilizou-se por suas mordazes charges, que publicava na imprensa sob o pseudônimo de Rian.
O seu mais assíduo freqüentador foi o Presidente Getúlio Vargas, que nos 18 anos que esteve à frente do País, não deixou de passar um só verão em Petrópolis.



 .:: Publicidade

 .:: Apoio


• Hotéis e pousadas em Itaipava por Ordem Alfabética • Hotéis e pousadas em Itaipava por Bairros e Distritos • Hotéis e pousadas em Itaipava por Tarifas
• Hotéis e pousada em Itaipava para convenções • Hotéis e Pousadas em Itaipava por Pacotes
• Itaipava News - Pousada em Itaipava, hotéis e lazer

© 2004-2016 Todos os direitos reservados Ecomputer • Desenvolvido por EComputer